top of page

Deputado Domingos Sávio lamenta falecimento do ex-ministro Alysson Paolinelli

Atualizado: 26 de set. de 2023



Faleceu na madrugada desta quinta-feira (29) o ex-ministro Alysson Paolinelli, responsável pela expansão da agricultura brasileira sobre as áreas do cerrado do Centro-Oeste brasileiro, que hoje é o maior polo produtor de grãos do país. A notícia tem sido bastante repercutida por figuras políticas, entre elas o Deputado Federal Domingos Sávio (PL-MG), vice-presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) na região Sudeste.

Além de ter sido ministro, Paolinelli foi também secretário estadual de agricultura por três oportunidades. Natural de Bambuí, foi também indicado por duas vezes ao prêmio Nobel da Paz (a última delas em 2022). Domingos Sávio destacou o enorme legado deixado pelo ex-ministro na história do Brasil. “Nosso país pode se considerar autossuficiente no setor agrônomo muito por conta do trabalho do Paolinelli. Ele foi quem deu início ao que hoje é, comprovadamente, a maior área agrícola do Brasil em produção de grãos. Isso é de uma importância estrondosa para o desenvolvimento do Brasil. Fico feliz por ele ter sido reconhecido ainda em vida pelos seus grandes feitos”, afirmou o deputado.

Sávio é um grande defensor das pautas da agricultura na Câmara Federal e reforçou um ‘título’ que Paolinelli tem entre os produtores rurais. "Ele é considerado o ‘pai da agricultura'. Todos têm na figura dele uma grande referência e uma gratidão eterna por tudo que ele fez pelo setor”.

Em 2006, Paolinelli foi premiado com o The World Food Prize pelo incentivo à agricultura tropical brasileira na evolução da oferta de alimentos no mundo. Além de presidente executivo da Abramilho, também ocupava o cargo de presidente do Instituto Fórum do Futuro e de embaixador da Boa Vontade do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA). Paolinelli completaria 87 anos no próximo dia 10 de julho.



Comments


bottom of page