top of page

Domingos Sávio protocola representação exigindo cassação de deputado

Atualizado: 11 de abr.

Brazão é apontado como participante do assassinato da ex-vereadora Marielle Franco, no Rio de Janeiro; atualmente é deputado federal.


Hoje, em Brasília, o deputado federal Domingos Sávio (PL-MG) protocolou uma representação solicitando a cassação do mandato do deputado Chiquinho Brazão (Sem Partido-RJ), em decorrência da investigação que aponta o envolvimento de Brazão no assassinato da ex-vereadora Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes.


Domingos Sávio defende que Chiquinho Brazão seja imediatamente destituído de seu mandato parlamentar e seja julgado no rigor da lei. O deputado mineiro ressalta a importância da justiça ser feita e, caso seja comprovado o envolvimento do acusado, enfatiza a necessidade de sua prisão. "Não podemos permitir que indivíduos envolvidos em crimes hediondos permaneçam na esfera legislativa, representando o povo brasileiro. É crucial que a cassação do mandato de Chiquinho Brazão seja realizada sem demora, e que a justiça tome conta deste caso como deve ser", afirma Domingos Sávio.



Contudo, o deputado ressalta sua discordância em relação à decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de ter ordenado a prisão em flagrante de Chiquinho Brazão. "Não houve flagrante nesse caso específico, o que pode abrir precedentes perigosos para a democracia. Devemos respeitar os princípios legais e constitucionais, mesmo em situações tão sensíveis como esta", acrescenta.


Apesar dessa posição em relação à prisão, Domingos Sávio reitera que isso não exime Chiquinho Brazão de enfrentar as consequências de seus atos e que a cassação do mandato é uma medida necessária para a preservação da integridade do Congresso Nacional e da justiça. "Não à toa estou protocolando este pedido de cassação. Estou fazendo o que entendo ser papel da Câmara. A cassação é uma obrigação nossa e vou levar até o Conselho de Ética para que deem celeridade a isso. É inaceitável que crimes tão bárbaros fiquem impunes, e é nosso dever enquanto representantes do povo tomar todas as medidas necessárias para garantir que os responsáveis sejam devidamente responsabilizados", conclui o deputado.

Comments


bottom of page