top of page

"Somos um país que adota", diz Domingos em Marcha contra o aborto


Milhares de pessoas se concentraram na Praça da Liberdade, em Belo Horizonte, no último domingo, para participar da Caminhada Pela Vida, que contou com a presença do ex-presidente da república Jair Bolsonaro (PL). Além dele, estiveram presentes os deputados federais Domingos Sávio (presidente do PL Minas), Eros Biondini e Nikolas Ferreira, além dos deputados estaduais Bruno Engler, Chiara Biondini e Eduardo Azevedo.


Com gritos de "Vida sim, aborto não", os manifestantes fizeram uma marcha até a praça da Savassi, onde se concentraram mais uma vez juntamente com o ex-presidente. Bolsonaro voltou a se mostrar contra o projeto que estabelece a legalização do aborto no Brasil. "Coincidentemente, depois que nós saímos do Governo voltaram a lutar pela liberação do aborto e drogas no país. Não pode existir uma pessoa que possa definir quem deve ou não ficar vivo", disse o ex-presidente, em discurso inflamado na Praça da Liberdade.


Domingos Sávio reforçou que pautas como o aborto precisam ser debatidas, mas dentro do Congresso, e não liberado sob imposição do judiciário. "Fomos eleitos justamente para discutir os melhores projetos e ideias visando o bem do povo brasileiro. Agora, estabelecer no STF uma liberação de algo tão sério para a saúde pública é desumano. Não abrir o debate no parlamento é um ato ditatorial. Vamos lutar para que isso seja levado ao Congresso Nacional", concluiu.

Comments


bottom of page